Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

EFA B3, de S. Pedro da Cova : Gente Ativa É Outra Expectativa

EFA B3, de S. Pedro da Cova : Gente Ativa É Outra Expectativa

Divagações de António Rocha: "Duas Colinas"

Entre duas colinas, uma a norte e outra a sul, corre um rio: o Douro!

Vai deslizando calmo e serenamente por entre estas duas encostas, em direção à foz.

Eu, um pouco incrédulo, fico admirando aquele quadro pintado originalmente: beleza de imagem!

Acabo por me deter por momentos para melhor a poder contemplar. Por instantes, fixo meu olhar pasmado! Como é linda a natureza! Como foi talentoso o poder das trevas na transformação deste mundo! Mundo que apelidamos de cruel, mas que é incrível, por toda esta beleza. A mão do homem transformou-a neste lindo quadro que não é uma miragem, mas sim uma certeza.

Parei para o retratar, tirar as medidas a este belo monumento da criação (homem na natureza).Imagem que me encheu de grande curiosidade, e pensei voltar lá, outro dia!

E voltei...e reparei que não me enganei nos pormenores que lhe tinha apontado…

Admirando esta simples, mas criativa, beleza que empresta encanto àquele rio…A encosta que por sua vez pinta outro quadro de pequenas maravilhas! Casinhas lustradas de cores variadas.

Estávamos em pleno Outono, mas ainda tudo era verde, mas já com uns tons acastanhados.

Verde que deixava passar uns tons de amarelo, as cores do sol que por ali ainda raiava…

Só faltava olhar o céu, um pouco carregado, já com algumas nuvens, mas que, não destruí-a a força do astro-rei (SOL) que fazia questão de dar um bonito colorido àquela paisagem.

E a noite como por magia foi-se aproximando, e outro quadro se começou a pintar.

Agora, qual deles o mais belo? Se antes havia sol, agora espreitam as estrelas, e a luz da lua, não menos bela! Um autêntico presépio se iluminou como por magia numa das colinas fronteiras ao rio Douro.

Os meus olhos puderam contemplar e admirar, e o meu coração pôde se alegrar de tanto primor!

Assim fica para minha recordação, esta imagem, deste planeta que habito, que tem tanto de belo, mas que teimam em destruir!...

 

Gondomar terra de encantos e de artistas, gente que bem sabe trabalhar a filigrana e a madeira, terra onde se cultiva o bom nabo e se petisca uma boa lampreia.

Gramido, lugar onde me inspirei para contar esta pequena história, mas onde muitas outras poderão ser retratadas tal a beleza que por aqui se encontra a cada esquina que dobramos. Sitio onde recorrem muitas pessoas que se querem deliciar com uma bela caminhada, ou mesmo com a toma de um simples café e, porque não, retemperar as forças de uma semana de intenso trabalho ou mesmo para dois dedos de uma agradável conversa, contemplar as estrelas numa bela de uma noite de lua cheia!.. Enfim, motivos não faltam para conhecer esta pequena maravilha!...

                                          ANTÓNIO ROCHA  22/10/2018

Mais sobre mim

imagem de perfil

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D